Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Blog da Ervilha

Um blog sobre tudo o que me apetece.

O Blog da Ervilha

Um blog sobre tudo o que me apetece.

PARABÉNS MÃE

Hoje dia 1 de maio de 2020 é o dia do trabalhador mas também o aniversário da minha Mãe, faz 56 anos mas nunca sabe a idade que tem. A minha Mãe nasceu 10 anos antes do 25 de abril e casou 10 anos depois, assim a minha casou e teve a primeira filha (eu) com 20 anos; aos 22 anos já tinha as duas filhas. 
A minha Mãe (somos homónima, o que é uma péssima ideia: dar aos filhos o nome dos pais) pertence a uma geração de mulheres muito caraterística, penso que serão a geração de viragem na sociedade. Mulheres como a minha mãe, e acredito que parte das vossas, pariram mulheres que tiveram muito mais escolhas do que elas. São mães de mulheres com opções que elas nunca tiveram e muito possivelmente não imaginavam que existissem.  
A minha mãe concluiu com sucesso a escolaridade obrigatória (6º ano), mesmo tendo capacidades, abandonou a escola. Pertencia a uma família monoparental, perdeu o pai ainda criança, mesmo tendo uma Mãe incrível, eram apenas uma mãe e três filhos. O chamado retrato socioeconómico é simples: meio rural, família monoparental e (apesar de não passarem fome) eram financeiramente limitados. Logo, as opções eram trabalhar, casar e ter filhos.
Neste cenário, a minha mãe era das poucas que tinha uma profissão era: cozinheira. Naquela época a maioria das mães eram domésticas, poucas tiveram acesso a escolaridade além da obrigatória e quase nenhuma tinha carta de condução.
Connosco já em idade adulta/adolescente decidiu tirar a carta e concluir o 9º ano, faz no recorrente em 3 anos em horário pós-laboral, com sucesso escolar. Nesse momento, ficou claro para mim que ela poderia ter tido outro tipo de futuro noutro contexto socioeconómico ou uns anos depois.

No entanto, tem duas filhas com carreiras profissionais diferenciadas, ainda sem filhos (mesmo ambas na casa dos 30 e apesar de ela ser uma chata com os netos) e que podem fazer as opções de vida que entenderem; porque a base de mulheres como nós são mulheres como ela. Que, mesmo tendo um percurso diferente do nosso, fazem-nos dar mais valor ao que alcançamos hoje.
Obrigada Mãe.

R4 - 000240.jpg

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2010
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2009
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2008
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub