Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Blog da Ervilha

Um blog sobre tudo o que me apetece.

O Blog da Ervilha

Um blog sobre tudo o que me apetece.

NARCOS

Vimos no verão todas as séries de Narcos (3 temporadas), eu revi a primeira sem qualquer problema porque adorei. As duas primeiras temporadas têm como pano de fundo os últimos anos de vida e a perseguição feita pelas autoridades a Pablo Escobar.

O ator Wagner Moura - bem conhecido do cinema brasileiro - tem um desempenho incrível, entendo parte das críticas ao castelhano, inicialmente o dele era pouco melhor que o meu, mas a construção da personagem foi inexplicável. Mostra um talento indiscutível, que deixa saudades.

Técnica e documentalmente a série tem falhas, mas penso que algumas são propositadas - a história não foi exatamente assim (se relatassem em modo documentário talvez desse problemas mais sérios): a cronologia, as personagens e a ação foram ajustadas. Por exemplo: a Mãe do Pablito era uma boa bisca, “abandonou” o filho bem antes do que mostra na série juntando-se aos restantes irmãos de Pablo em Medellin; para com eles tentar manter o negócio. Na série os irmãos de Pablo nem aparecem porque ainda estão lá. Mas isso pouco importa, as duas primeiras  temporadas são incríveis e apesar do destaque dado aos agentes da DEA a série só precisava de uma personagem: Pablito.
Acho que o Gustavo, braço direito de Pablo, tem um papel demasiado discreto no enredo. Enquanto ele foi vivo aconselhou sempre o Pablo, tentando limitar-lhe os devaneios, no que aparentemente era mal sucedido. Quando ele morre percebemos que afinal ele refreava bastante o homem. A partir da morte de Gustavo, Pablo “ficou meio louco”  na verdade ele já era mas perdeu a sua consciência (Gustavo) e mostrou o seu eu verdadeiro.
As duas primeiras séries são imperdíveis, uma produção Netflix pioneira em muitos aspectos e com nomes muito familiares do cinema brasileiro nas personagens e na produção; imperdível e inigualável. Ah, é um pouco sanguinária mas era mesmo assim, às vezes até parece comédia e dá para rir.
A terceira série vê-se, mas sem Pablo penso que a série não faz grande sentido. Esta temporada tem como ação a perseguição ao Cartel de Cali que toma o lugar de Cartel de Medellin como maior exportador de cocaína para os EUA. Questiono-me se deverá haver quarta série e nesta linha não faz grande sentido, às vezes é preciso saber parar. O que tem a terceira série de especial: um português no elenco e não é só a fazer feitio. Pêpe Rapazote é o quarto mais importante elemento do Cartel de Cali, o mais lucrativo de toda a história do narcotráfico.
Atendendo a todas as restrições e à coragem necessária para fazer esta série ela devia ter mais que 5 estrelas, mais reconhecimento e prémios. Mas talvez seja demasiado controversa, com nomes poucos sonantes e pouco americana para chegar aos grandes tapetes da indústria.

 

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2010
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2009
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2008
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub