Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Blog da Ervilha

Um blog sobre tudo o que me apetece.

O Blog da Ervilha

Um blog sobre tudo o que me apetece.

Mare of Easttown

Só posso dizer, é a melhor minissérie que já vi até hoje.

Mare of Easttown é centrada em Mare, uma detetive de cidade pequena. No entanto, é muito mais que um drama policial, é uma história sobrevivência ao dia-a-dia.
Tudo começa com um crime, mas ao longo da narrativa vão surgindo outros, que sujeita Mare a uma pressão constante vinda de várias frentes. Acresce a este ramalhete uma situação pessoal complicada: lida com dois lutos (de uma relação e da morte de um filho, em circunstâncias particularmente dramáticas); mora com o neto, a filha adolescente e a mãe; é vizinha do ex-marido; etc.
Logo, não é uma pessoa de trato fácil, mas como poderia ser?! Mare é só uma pessoa normal, com dias merdosos, sem paciência para floreados, uma família que é espetacular para quem vê de fora (como todas) e que lida com vários dramas em simultâneo.  

Com uma narrativa diferente, cativante, densa, pesada e arrebatadora, esta minissérie dá-nos a conhecer uma profissional, mulher, amiga, mãe, avó, filha e ex-mulher, a Mare. Kate Winslet dá corpo a esta mulher real, falível, complexa e admirável, como eu gosto.

As representações são todas fabulosas, mas a Kate Winslet, como já é habitual, é insubstituível, ao nível de Frances McDormand. Colocando esta minissérie ao nível dos melhores filmes que já vi.*
Preparem-se para vários socos no estômago, calafrios, bocas abertas de incredulidade e um final absolutamente fabuloso. A estrutura dos episódios é perfeita, prende-nos episódio a episódio e não dá para parar de um para o outro.  Assim o conselho básico é: tirem um dia e veja tudo seguido.

4948483.jpg

*Para se situarem dos filmes preferidos constam: Requiem for a dream, Seven, Fight Club, Três cartazes à beira da estrada…
Tudo histórias pouco bonitas e simpáticas, nem sempre reais mas perto disso.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2010
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2009
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2008
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub