Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Blog da Ervilha

Um blog sobre tudo o que me apetece.

O Blog da Ervilha

Um blog sobre tudo o que me apetece.

Hermínia Aluna-Professora-Encarrega de Educação (Parte 3)

Perguntam-se vocês: e tu?
Fui uma aluna boa na época, mas para os padrões atuais não fui nenhum génio; tinha o meu génio. Quem olhar para os meus boletins vai ver que:
- Não era imaculada, como não sou hoje;
- Não tirei sempre a nota máxima a tudo, nem sequer a Matemática;
- No ano em que a minha Avó caiu e acabou por morrer as minhas notas desceram e o meu comportamento piorou;
- Era “preguiçosa e pouco estudiosa” em todos os boletins da Escola Primária;
- Desde sempre tinha “bom raciocínio matemático e facilidade na resolução de problemas”;
- Não gostava de decorar.
Basicamente fui criança, adolescente e adulta. Fui crescendo ao sabor do que acontecia e do que me rodeava; pelo meio recebi alguns prémios de mérito e algumas menções (que não guardo). Sei que tenho boas recordações da Escola, ainda hoje tenho carinho por muitos dos meus professores e rancor por nenhum (talvez porque os meus pais nunca tenham falado mal de qualquer professor).
Tal como parte dos meus professores ainda se recordam de mim (de nós) com carinho. Como “aqueles alunos e pais que já não existem”, tenho inclusive a cópia da folha do livro de ponto que a professora de Ciências guardou e recentemente me enviou por “sermos uns meninos queridos”. *
Gostava mais de ler do que marrar; gostava mais de ver documentários do que estudar ciências. Passava muito tempo a: ver TV, a falar com adultos e na cozinha com as minhas Avós e a minha Mãe. Gostava de Matemática e Física porque me eram naturais (quase que tudo se resolvia naturalmente na minha cabeça, achava mágico), como gosto de História, de Geologia, de Psicologia, de Música, de Cinema e de Pessoa; mas não foi a Escola que me fez assim foram os que me rodearam. Não sou e nunca serei hermeticamente fechada sobre um tema, se isso acontecer serei terrivelmente infeliz.
Como Mãe espero:
- Conseguir evitar ser excessivamente protetora e controladora, por muito sedutor que isso seja;
- Que o facto de ser professora não seja um fator influenciador na forma como o meu educando é tratado e avaliado;
- Passar alguns momentos a curar feridas de quedas;
- Instituir o fato de treino como farda escolar;
- Não castrar ou balizar com os meus: conceitos, preconceitos e desejos;
- Ajudar a que o meu educando seja feliz e se concretize (nem que seja a marcar um triplo no Basquete ou a ser Delegado de turma).
Só preciso não complicar, não influenciar, não controlar DEMASIADO, só um bocadinho…
PS: Não há criança a caminho (o que não impede a reflexão) mas fica o depoimento para memória futura e puxões de orelhas.

* À minha turma do 11º ano que queira tenho aqui para verem que fofos, não público porque muitos podem não querer, mas especialmente porque um de nós já não está cá e não acho adequado.

51805362_379490846199408_5982648469892890624_n (1)

Gosto especialmente da parte das "disciplinas de estudar", no meu tempo Matemática não era uma delas 



Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2010
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2009
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2008
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub