Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Blog da Ervilha

Um blog sobre tudo o que me apetece.

O Blog da Ervilha

Um blog sobre tudo o que me apetece.

Eu e o grunge

Celebram-se por estes dias trinta anos de Nevermind e seis meses do fim do capítulo da minha vida que ficará para sempre ligado ao grunge. Para quem gosta de música, de rock, o grunge vem naturalmente e com ele tudo o que lhe está associado. Ouvi grunge boa parte da minha vida e coabitei com ele quase 11 anos; o meu casamento abriu com In Bloom e acabou Like a Stone, não só em sentido figurado, mas literal. A música é um gatilho e os todos que ouvem muita e boa música sabem disso, porque qualquer vida dava um livro mas também uma banda sonora, ambos absolutamente incríveis.

Assim, aquele mês de setembro de 1991 tem um enorme lugar na minha vida: pelas horas de passei, passo e passarei a ouvir o que ele pariu.

Deste mês ouço, incontáveis vezes: Ten, dos Pearl Jam; Badmotorfinger, dos Soundgarden; Nevermind, dos Nirvana; Blood Sugar Sex Magik, dos Red Hot Chili Peppers.

grunge91.jpg

Este último, obviamente, não pertence ao pacote grunge; mas não posso deixar de o incluir, porque o adoro. É o melhor álbum dos Red Hot Chili Peppers, ainda que tenha conhecido a banda pelo enorme sucesso de Californication.

Tinha 15/16 anos estava no campo de basquete da minha escola secundária, ouvi aquilo vindo do rádio que os rapazes tinham perto dos matrecos e fui imediatamente lá perguntar “O que é isto?”. Assim começou uma linda história de amor entre mim e as cordas elétricas deste mundo, abandonando para sempre a música comercial que me enchia os ouvidos, mas não me saciava a alma.
O responsável disto foi o Mário, uma pessoa que nunca esquecerei, e que apareceu com aquilo porque um pessoal mais velho da Amorosa lhe arranjou. Muita da música, decente, que nos chegava era assim: em cassetes ou CD emprestados ou gravados por alguém que se compadecia das almas sedentas de boa música, mas que não sabiam aceder a ela.

Aviso: não sou fã de Nirvana, mas reconheço a importância da banda e do seu trabalho. Nirvana, de todos os representantes do género é, possivelmente, o que menos gosto. Sem uma explicação muito erudita, simplesmente não gosto muito da banda, tal como não endeuso o Kurt Cobain. São coisas que nem sempre se explicam, mas se sentem ou, neste caso, não se sentem.

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2010
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2009
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2008
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub